Newsletter

Visita-nos em:

  • Facebook Page: 170320633001069
  • Twitter: cpessoal

Publicidade

Login



Calculadora de empréstimo

Montante:

(Use "." para decimais)
Duração:
anos
Taxa de interesse:
%
Mensalidade:
EUR
Total a ser pago:
EUR
Help
Crédito com penhor do Ouro PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Quarta, 15 Junho 2011 16:02
partilha

A DECO, elaborou uma explicação sobre o crédito com recurso ao ouro, como garantia de penhor. Este tipo de crédito é celebrado um contrato entre prestamita ou casa de penhores, e  o consumidor, com recurso a uma garantia em ouro previamente avaliada com uma taxa de 1% do valor da peça a avaliar, mesmo que o consumidor não avance. O consumidor poderá ter o seu empréstimo depois de assinar um contrato mútuo, e cada uma das partes ficará com um impresso do exemplar.

O contrato é feito para um mês, e é renovado sistematicamente de mês a mês até um máximo de 2 anos, se o cliente quizer cessar o contrato poderá pagar o montante total do empréstimo + Juros até aquela data, com a hipótese do consumidor ter de avisar previamente no prazo de 5 dias úteis. O cliente paga uma taxa de juro de 3% no caso do ouro sobre o montate entregue Se o consumidor se atrasar no pagamento dos juros, fica sujeito a uma taxa de mora que, actualmente, é de 6,351% ao ano. Por exemplo, para uma dívida de 1000 euros, gasta cerca de 5,30 euros por cada mês que falhar o pagamento dos juros. Caso o consumidor não pague a dívida mais de 3 meses, será leiloado o ouro, a garantia que é acordada no início do contrato. O valor de base de licitação não pode ser inferior ao da avaliação. Sobre o preço de venda é retirada uma parcela de 11% que reverte para o prestamista. E o resto do dinheiro será entregue ao cliente, desde que o reclame no prazo de 6 meses. O prestamista tem 8 dias para avisar o consumidor depois de ter vendido o ouro. A actividade é regulada por lei, sendo licenciada pela Direcção-Geral das Actividades Económicas e fiscalizada pela ASAE. Como na compra de ouro, para evitar a recepção de peças roubadas, os prestamistas têm de enviar uma relação dos produtos recebidos em penhor para a Polícia Judiciária.

Apreciação do crédito com penhora de peça valiosa

Tal como foi descrito em anteriores artigos aqui no creditopessoal.net, poderá pedir crédito com este recurso, mas terá que ter em atenção, que as taxas de juros são acima do mercado, como por exemplo na empresa "crédito económico popular" realiza concessões de dinheiro a uma taxa de 42,79%, com a garantia da jóias valiosas, havendo sempre a hipótese da empresa de crédito a perder ou mesmo a vender se o consumidor não cumprir com o crédito, o que se torna realmente penoso em relação a outros métodos de obter dinheiro.



blog comments powered by Disqus
Actualizado em Quarta, 15 Junho 2011 16:05