Newsletter

Visita-nos em:

  • Facebook Page: 170320633001069
  • Twitter: cpessoal

Publicidade

Login



Calculadora de empréstimo

Montante:

(Use "." para decimais)
Duração:
anos
Taxa de interesse:
%
Mensalidade:
EUR
Total a ser pago:
EUR
Help
Crédito Náutico - estratégias para aquisição PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Quarta, 12 Outubro 2011 22:54
partilha

 

Adquirir um barco, e devido aos encargos correntes, seguros, aluguer de espaço numa marina, ou mesmo o seu transporte por terra, leva-nos a refletir os gastos associados. Desta forma o aluguer poderá ser opção para alguns, ou se então decidir optar por uma compra, e se for a crédito terá que refletir que sobre o retorno de investimento que poderá ter. Daí que obter uma embarcação não seja prioridade na concessão de crédito por parte das financeiras.

Crédito náutico com juros mais reduzidos

Os créditos existentes no mercado português para a náutica são poucos e quando se aplicam são concedidas a taxas elevadas que poderão chegar a um crédito pessoal. Mas o que poderá fazer para reduzir o spread, será pedir crédito com hipoteca de um bem material, salvaguardar garantias à financeira reduz a taxa de juro do crédito. Caso esta primeira hipótese não exista opte por verificar spreads de várias instituições mesmo que não sejam créditos dirigidos a náutica, como por exemplo crédito pessoal.

Análise

O crédito náutico não consta ainda na oferta de muitas instituições financeiras ou de crédito. No entanto, pesquise online por instituições que tenham especificamente o crédito náutico, e analise todas as condições e vantagens de cada proposta. O facto de existir pouca oferta, pode ser desvantajoso no sentido que as entidades que o praticam por não terem concorrência, não tenham necessidade de melhorar as condições do crédito náutico. Por outro lado, perderá menos tempo a consultar inúmeras propostas semelhantes, seja crédito náutico ou outro tipo de crédito que o suporte na compra da embarcação, como por exemplo crédito pessoal.



blog comments powered by Disqus