Newsletter

Visita-nos em:

  • Facebook Page: 170320633001069
  • Twitter: cpessoal

Publicidade

Login



Calculadora de empréstimo

Montante:

(Use "." para decimais)
Duração:
anos
Taxa de interesse:
%
Mensalidade:
EUR
Total a ser pago:
EUR
Help
Cartão de crédito ter ou não ter! PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Terça, 12 Julho 2011 01:02
partilha

Muitos de nós nos deparamos com questões sobre os cartões de crédito, uns dizem que é vantajoso e gerem bem as suas finanças com o cartão de crédito, outros dizem que o cartão de crédito é incómodo pelas taxas de juro praticadas. O certo é que quem o pede precisa de dinheiro e fazer pagamentos através deste sistema, assim poderá  conseguir uma organização das suas contas através de extracto, sabendo onde gastou e quanto gastou, portanto é um ato responsável, previamente analisada por si e pela entidade financeira, com o aspeto principal de emprestar dinheiro, de acordo com um plafond, a curto ou a longo prazo, envolvendo um controlo das contas e de cumprir com as suas obrigações. Agora cabe a cada um saber o que é melhor para as suas finanças.

Taxas de juro no cartão de crédito

É a taxa de lucro da entidade que fornece o cartão e empresta dinheiro. De acordo com o contrato que se assina com a financeira, poder-se-á encontrar diversas taxas de juro associadas à sua conta cartão, desde 13% a 32,8% no primeiro trimestre de 2010, regulado de acordo com o banco de Portugal, no  Decreto-Lei n.º 133/2009.

Funcionamento

O principal objetivo tal como já foi descrito é emprestar dinheiro, com valor limite com base em todos os seus rendimentos, e com idade superior a 18 anos ( a idade não é impeditiva de usar o cartão de crédito, mas estando sobre a tutela de outro titular). Todos os meses recebe um extrato do dinheiro utilizado no cartão de crédito, e de acordo com 50 dias de empréstimo desse mesmo dinheiro, terá que pagar uma parcela descrita, de acordo com o “Barclays” poderá  pagar apenas 3% (variável) + juros  de acordo com o tempo do saldo em dívida. Assim se lhe emprestarem 500€ terá que pagar a 100% o valor em dívida ou então terá que pagar uma parcela com mínima de 3% a uma taxa de 31,7%, no caso do Barclays.

Pedir o cartão apropriado

Existem diversos cartões de crédito no mercado, desde aquelas que lhe permitem ter desconto nas bombas de gasolina, com por exemplo o cartão 10.10 TSI com a possibilidade de receber 10% do que gastar em combustível ou via verde, ou então como por exemplo unibanco atitute, que lhe permite 5% no dinheiro que gasta. Estes métodos de adquir dinheiro é chamado cash-back. Outros cartões permitem ter em conta as transações internacionais na suas compras na internet, não pagando taxas pagamentos internacionais. Agora terá que escolher o que se mais lhe é mais apropriado.

Garantia do cartão de crédito (Chargeback)

Grande benefício oferecido é a possibilidade de devolver o dinheiro à empresa que detém o cartão de crédito. No caso de encomendar produtos que não chega a receber ou que, por qualquer motivo, deseja devolver, poderá recuperar o seu dinheiro instantâneamente. As empresas normalmente devolvem o dinheiro quando são ‘ameaçadas’ com essa devolução. Se fizermos a compra a dinheiro, isto não é possível.

Devolução até €250 do dinheiro em caso de roubo de material electrónico

Na compra de telemóvel, máquina fotográfica ou mesmo uma LCD, e na eventualidade de ser roubado, existe a possibilidade de recuparar parte ou a totalidade do dinheiro até €250. Na compra com o cartão de crédito é realizado um seguro no valor de €250 em caso de furto e devidamente participado  às autoridades de segurança.

Existem inúmeras vantagens deste dinheiro plastificado, e a sua utilização inapropriada poderão levar a excessos que de futuro muito dificilmente sejam cumpridos, cria-se uma barreira entre o clientes e as instituições de crédito, com um certo pavor. Mas evitando os excessos e com controlo é fácil tirar vantagens do cartão de crédito sempre que seja necessário.



blog comments powered by Disqus
Actualizado em Terça, 19 Julho 2011 01:38